�REA RESTRITA
 
 
02/02/2009
No marco do Frum Social Mundial organizaes juvenis realizam Encontr
 
 

 
« Voltar
 
Na terra onde se dana o Carimb e come Aa com farinha de tapioca, bebe suco de Tapereb e produz a cermica Marajoara, Belm considerada por muitos a porta de entrada da Amaznia. No contexto do Frum Social Mundial, jovens de diversas organizaes ecumnicas organizaram o Encontro Ecumnico de Juventude (Encuentro Ecumnico Juvenil, sigla em espanhol), realizado na capital paraense entre os dias 25 e 26, antecipando o Frum Social Mundial. O evento que aconteceu na Igreja Anglicana teve dois temas centrais F e Poltica e Violncia Juvenil e Direitos Humanos.
A iniciativa do Encontro foi fruto do dialogo entre a Federao Universal de Movimentos Estudantis Cristos (WSCF, sigla em ingls), Associao Crist de Moos (YMCA, Aliana Latino Americana e Caribenha), Pastoral de Juventude do Conselho Latino Americano de Igrejas (CLAI), Programa Jovens em Misso do Conselho de Igrejas Evanglicas Metodistas da Amrica Latina e Caribe (CIEMAL), Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e da Aliana de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da Amrica Latina e Caribe (AIPRAL).

No domingo (25), o Encontro teve incio com a Oficina F e Poltica, na qual participou a ex-ministra do Meio Ambiente e atual senadora, Marina Silva, que da Igreja Assemblia de Deus. Na mesa tambm esteve presente o telogo chileno, Juan Navarrete, da organizao catlica Amerndia, e representantes da Pastoral de Juventude do CLAI, quem coordenaram o momento.

O objetivo da Oficina era gerar um espao de reflexo e intercmbio coletivo sobre as prticas vinculadas ao binmio f-poltica, oferecer ferramentas para a reflexo bblico-teolgico e promover estratgias de incidncia pblica e poltica. Na ocasio, a senadora Marina felicitou a iniciativa da juventude e afirmou que a igreja deve uma mensagem para todos. Durante o Encontro ela fundamentou biblicamente a participao cidad dos cristos e falou sobre sua trajetria na poltica.

Na segunda-feira, 26, o diretor executivo do Instituto de Estudos da Religio (ISER), Pedro Strozenberg, trouxe o panorama das polticas publicas para juventude no Brasil e os dados da violncia em vrios pases da Amrica Latina. Com a exposio de Strozenberg foi possvel ter elementos para compreender o trfico, a milcia e a distino entre a violncia e a sensao de perigo. H uma diferena entre os dados da violncia e a sensao de perigo, afirma ele. No Rio de Janeiro, 20% da populao vivem nas 824 favelas, representando 1,3 milhes de pessoas. E a violncia armada o principal fator de morte de jovens no Brasil. A violncia no a causa, mas a ausncia de polticas de educao, trabalho, etc.

Durante tarde os participantes compartilharam as agendas de trabalho e o perfil de cada organizao a fim de propiciar aes conjuntas. Jovens da Armnia e ndia convidados pelo Conselho Mundial de Igrejas tambm dialogaram sobre o trabalho que desenvolvem em seus respectivos pases.

O Encontro teve a participao de aproximadamente 50 participantes dos seguintes pases: Armnia, Bolvia, Brasil, ndia, Sua, Uruguai, Porto Rico, Chile, Colmbia, Canad e das igrejas de Belm.
 
 
 
 


contato@ymca.org.br

 

Será um prazer atendê-lo!

 
 
YMCA © Todos os direitos reservados | E-mail: contato@ymca.org.br
Desenvolvimento de sites: GV8 Sites & Sistemas