�REA RESTRITA
 
 
19/01/2008
Violncia Infantil: A covardia das covardias
 
 
Não existem fotos cadastrados
 
« Voltar
 
Desde 1990, possumos o Estatuto da Criana e do Adolescente (ECA), que tem como objetivo garantir o direito das crianas e adolescentes condies mninas, como sade, alimentao, educao, enfim, sem qualquer tipo explorao, violncia ou crueldade.

Porm, convivemos com situaes que vo contra aos preceitos dessa Lei Federal. Infelizmente muitos dos casos tem razes nas condies scio-econmicas do pas, como por exemplo, a alta concentrao de renda presente de forma absurda em nossa nao. Outro exemplo, a mortalidade infantil, um dos aspectos transgressores da ECA.

Segundos dados da ONU, do ano de 2002, no Estado do Rio Grande do Sul, a cada 1000 bebs, 25 morrem antes de completar 1 ano, isso sem desconsiderar que a ONU considera o Rio Grande do Sul como o "melhor estado em qualidade de vida" do Brasil.

Os nmeros diminuram ao longo dos ltimos, mas continuam muito aqum de um pas que almeja se tornar desenvolvido. Outro grande problema, que tambm est relacionado com as condies socioeconmicas de nosso pas, o trabalho infantil.

Muitas crianas so obrigadas a trabalhar (principalmente no meio rural), de forma prematura, para garantir mais renda para suas a famlias, sendo que na verdade, elas deveriam estar brincando, estudando, ou seja, executando atividades condizentes com sua idade.

Em So Paulo, difcil achar um semforo que no possua ao menos uma criana pedindo esmola.

Agrava-se ainda quando encontramos, no raramente, a violncia fsica de fato, com o agravante do abuso sexual, muitas vezes cometidos pelos prprios pais. Enfim, qualquer ato violento, seja fsico ou psicolgico, contra crianas e adolescentes principalmente, pode ser considerado uma grande covardia. At por isso, voc que presenciar qualquer atitude do gnero, no fique calado, denuncie, pois o Estatuto est a para ser cumprido.  Faamos valer esse direito por ns, pelas nossas crianas e por um pas mais igual e justo.

Por Joo Paulo Amorim - Voluntrio
 
 
 
 


contato@ymca.org.br

 

Será um prazer atendê-lo!

 
 
YMCA © Todos os direitos reservados | E-mail: contato@ymca.org.br
Desenvolvimento de sites: GV8 Sites & Sistemas